ENDs

ENDs

A empresa investe continuamente em tecnologia, incluindo a compra de aparelhos, sondas, padrões e acessórios atualizados.

Desenvolvemos e incorporamos continuamente técnicas dos diversos métodos de ensaios não destrutivos, desde os convencionais até aplicações altamente especializadas.

Em nossas instalações, estudamos e desenvolvemos aplicações dos métodos de emissão acústica, ultra-som e eletromagnético que inclui a elaboração de procedimentos e treinamentos, dos técnicos de campo, executados por profissionais próprios nível II e III, qualificados pelos sistemas SNQC, ASNT/ACCP e BINDT/PCN.

Método Emissão Acústica:

Executamos inspeções por emissão acústica em vasos de pressão, caldeiras, tubulações, estruturas metálicas, tanques de armazenamento, equipamentos PRFV, durante testes de pressão, monitoramentos em operação e monitoramento contínuo.

Método Eletromagnético:

O método eletromagnético oferece uma ampla gama de aplicações que passa pela detecção e dimensionamento de trincas, medição de espessura, medições de condutividade elétrica até a inspeção de tubos instalados em equipamentos fabricados em quaisquer materiais condutores de eletricidade.

Estas técnicas substituem com vantagens as técnicas tradicionais de exames por líquido penetrante e partículas magnéticas, principalmente devido à possibilidade de inspeção de superfícies pintadas, com pequena ou nenhuma necessidade de preparação de superfície, inspeção de regiões de difícil acesso, e tem alta produtividade.

A medição de pequenas espessuras de materiais não ferromagnéticos com diversas geometrias também se destaca. Um exemplo é a medição de espessura de juntas de expansão.

Para inspeção de tubos instalados em trocadores de calor, utilizamos sondas internas especiais e múltiplas frequências.

As técnicas de inspeção por campo remoto (RFT) e Magnetic Flux Leakage (MFL) possuem uma ampla gama de aplicações, entre elas destacam-se a inspeção de fundo de tanques, tubulações e principalmente de tubos instalados em trocadores de calor e caldeiras.

Método Ultrassônico:

Executamos medições de espessura à frio e à quente com diversos tipos de transdutores, desde os miniaturizados até o de grande diâmetro, operando em diversas frequências e cabeçotes EMAT.

A medição de espessura de camadas de magnetita interna em tubos de super aquecedores permite a estimativa da sua temperatura de pele, a qual é utilizadas em cálculos de vida residual em fluência.

Para detecção e dimensionamento de descontinuidades, aplicamos desde as técnicas convencionais até as mais sofisticadas, como TOFD e Phased Array.

Entre as aplicações da técnica de imersão destaca-se a inspeção de tubos de trocadores de calor e caldeiras por IRIS (Internal Rotary Inspection System).

As técnicas A/B-Scan e C-Scan com cabeçotes normais são aplicados para mapeamento de áreas com perda de espessura.

Deixe uma resposta