EC-MFL

EC.MFL

MFLTRATADA

É uma técnica do método eletromagnético, que consiste na “varredura” de todo o comprimento do tubo utilizando-se uma sonda construída com dois fortes imãs permanentes. Estes imãs geram um campo magnético que satura a parede do tubo.

Uma sonda absoluta mede a variação do campo magnético causada por perdas de espessura.

Quando uma falha é localizada entre os dois imãs, ocorre uma “perturbação” no campo magnético resultando no “vazamento” de uma pequena quantidade de fluxo magnético para o diâmetro interno do tubo.

Este fluxo é detectado por uma bobina diferencial, localizada entre os magnéticos. Um enrolamento colocado no final da sonda detecta o magnetismo residual e permite a discriminação entre danos internos e externos.

As principais vantagens da técnica são:

• Inspeção de tubos aletados
• Permite a inspeção de tubos parcialmente incrustados
• Detecta pites, trincas circunferenciais e perdas de espessura
• É pouco sensível a presença de chicanas e espelhos
• Permite elevadas velocidades de aquisição de dados
• A interpretação dos resultados é relativamente simples

As principais desvantagens são:

• O dimensionamento é precário, é recomendada principalmente para detecção de danos
• O fator de enchimento requerido é semelhante ao eddy-current.
• Exige a fabricação de padrões para cada tipo de tubo examinados